ARTE | POP ESCULTURAS FANTÁSTICAS DE LU BERTIN

Por Revista AMORA

“Eu não busco a perfeição, ela é inatingível.
A arte está em tudo, em todos.
Nas pontas dos dedos a melhor ferramenta.
Nos olhos, o contato já projetado na mente.
Sincronia de movimentos extraindo da forma a melhor forma.”

Luis Bertin

Que garoto não sonha em ter seu quarto repleto de brinquedos, bonecos e esculturas dos seus heróis preferidos? Esse também era o sonho do artista Luis Bertin, que o transformou em realidade. Por meio da escultura ele cria, se inspira e realiza seu sonho de criança esculpindo tudo o que a mente pode imaginar. Mais do que isso, ele ainda inspira artistas a viajarem em seu mundo e mostrar sua arte a esse mágico universo que cresce a cada dia. Marvel, DC Comics, Disney, Star Wars, tudo isso ao seu alcance nesta entrevista exclusiva com o escultor Lu Bertin para AMORA.

AMORA: Quando a escultura entrou em sua vida?

Bertin: Já na infância, tive contato com a arte. Acredito que nascemos com essa vocação e com o passar dos anos isso se transforma interiormente. Sempre falo aos meus alunos que “dom” não existe, o que existe é a vocação para determinada coisa, ou seja, se você tem vocação para ser médico, você será; se tiver vocação para ser artista, você será.

AMORA: Quais foram suas principais inspirações?

Bertin: As HQ’s de heróis sempre foram o meu alicerce na arte. Eu me debruçava nas histórias do Superman, Homem-Aranha, Vingadores, sonhava em estar no mundo de George Lucas lutando contra o Darth Vader e, mais tarde, com o tempo, estudei mais a fundo grandes mestres da arte, como Michelangelo, Da Vinci, Van Gogh, Rembrant, e também os contemporâneos.

AMORA: Quais materiais você usa em suas obras?

Bertin: Dependendo da finalidade da escultura, utilizo um material diferente. Para estudos e projetos pessoais, gosto de massas mais macias, como as argilas e plastilinas. Para peças que reproduzirei em escala, ou seja, faço a matriz e tiro cópias em resina, utilizo material mais duro, como clays especiais, porque me permitem detalhar melhor o acabamento.

AMORA: Ser artista no Brasil ainda é difícil?

Bertin: Acho que já foi difícil, hoje não. Temos muitas plataformas e tecnologias para mostrar o nosso trabalho e talento, e isso fica acessível não só aqui, mas no mundo todo. Conheço grandes artistas que foram descobertos no Brasil e hoje trabalham para grandes estúdios lá fora. Detalhe: paga-se muito bem.

AMORA: Para quem quer seguir sua arte, o que você recomenda? Quais suas dicas de ouro?

Bertin: Recomendo estudo, estudo, estudo e muita dedicação. Sem essa receita, nada na vida terá sucesso. Mas a minha dica de ouro para quem quer se aprofundar na arte da escultura, minha sugestão é fazer um curso inicial comigo para entender a magia desta arte, suas formas, sua beleza e poder compreender que as nossas mãos podem fazer coisas que nem nós mesmos acreditávamos. Desejo a todos os leitores que saboreiem essas informações e aproveitem a vida da arte!

VEJA GALERIA COM ALGUMAS OBRAS

MAIS TRABALHOS NO INSTAGRAM DO ARTISTA

Você também vai gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.